Como é a vida se hospedando em hostel


Antes de começar a viajar já tinha ouvido falar em hostel, que era um tipo de albergue que tem quartos compartilhados, uma opção mais barata e um lugar que estimula a convivência entre as pessoas, e eu ficava pensando como era isso de dividir quarto com pessoas diferentes que não se conhecem, me parecia algo muito estranho, mas ao contrário é um tipo de hospedagem muito legal que vai muito além de quartos compartilhados.


A primeira vez que fiquei em um hostel foi bem por acaso, durante meu primeiro mochilão e não deu para ficar no camping que estava planejando então me indicaram um hostel, em uma cidade bem pequena, o hostel estava meio que em “stand by”, não tinha ninguém para recepcionar, esperei a dona vir abrir ele etc, isso porque o turismo ali ainda estava começando.

No hostel fiquei completamente sozinho, para mim não fazia diferença naquela noite pois iria apenas dormir, e sair no dia seguinte bem cedo.




Minha segunda vez em hostel foi bastante diferente, porque fiquei no hostel como voluntário (trabalhei em troca de hospedagem e café da manhã), em Boipeba na Bahia, quando cheguei no hostel achei tudo muito intenso, conheci pessoas de todo o mundo, Noruega, Suíça, Coreia do Sul, Estados Unidos, França, Uruguai, Argentina e de muitos outros países, consegui praticar muito meu inglês, consegui melhorar minha escuta e fala do idioma, no espanhol também, apensar de praticar bem pouco.

Nesse hostel tinha bastante gente que viajava sozinha e todos estavam ali abertos para conhecer outras pessoas, jogar conversa fora, fazer amizades, saber coisas diferentes, beber juntos, sair juntos, um verdadeiro intercambio cultural, gostei tanto que fiquei mais de dois meses no hostel.



Passei também por hostel estilo família, onde tinha horário de silêncio das 22h às 8h, nesse hostel não podia fazer muito barulho, eles vaziam o máximo para não estimular o consumo de bebidas dentro do hostel, era tudo bem restrito e valorizavam a calmaria e hospedagem de famílias, o lema deles era valorizar a tranquilidade do hóspede, até demais para meu gosto.


Se hospedar em hostel é uma experiencia diferente,ainda mais se estiver sozinho, pra quem está acostumando com hotéis e pousadas é bem diferente.

Existe todo tipo de hostel, com pouca gente, com muita gente, hostel de festa, hostel estilo mais família, hostel mais internacional e etc, o importante é conhecer estar aberto a novas experiências, e o principal, se conectar com outras pessoas.


Lembrando que em Palmas no estado do Tocantins existe o hostel que agrega esse blog, o DiCasa, a maioria das pessoas que se hospedam por lá tem o objetivo de conhecer o tão amado Jalapão, e sua belas cachoeiras com águas cristalinas, se estiver passando por Palmas valeu muito a pena conhecer o ambiente do DiCasa.

20 visualizações
  • TripAdvisor
  • facebook
  • @dicasa

Quadra 105 Norte Alameda das Aroeiras 

CEP: 77001048

©2023 by Be My Guest in Palmas-TO. Orgulhosamente criado com Wix.com